MESQUITA - Evento acontece na cidade de Recife, em Pernambuco, e termina nesta quinta-feira, dia 20.

A cidade de Mesquita participa do 3º Encontro Nacional de Agentes de Desenvolvimento (Enad), que acontece em Recife, no estado de Pernambuco, até esta quinta-feira, dia 20 de novembro. O evento, promovido e totalmente custeado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), tem o objetivo principal de propiciar o intercâmbio de metodologias de trabalho entre gestores de todo o país.

O secretário de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Ordem Pública de Mesquita, Rômulo Massacesi, destacou a importância da iniciativa. “A intenção é agregar conhecimento para melhorar a saúde econômica das micro e pequenas empresas do município e promover o incentivo à saída da informalidade”, comentou, frisando que o projeto “Com Licença, eu sou Legal!”, desenvolvido pela prefeitura desde agosto, foi elaborado a partir dos ensinamentos adquiridos no 2º Enad, realizado ano passado, no Paraná.

O 3º Encontro Nacional de Agentes de Desenvolvimento conta com a participação do ministro da secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, do diretor presidente do Sebrae, Luiz Barretto, e do presidente da Confederação Nacional de Municípios, Paulo Ziulkoski, entre outros especialistas, que ministram palestras sobre ações de desenvolvimento e gestão.



Via PMM
20/11/2014
MESQUITA - Agentes de saúde se mobilizaram em três praças de Mesquita para incentivar homens a prevenir a doença.

No Mês Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, a Prefeitura de Mesquita aderiu à campanha Novembro Azul e montou estandes de conscientização nas praças Elizabeth Paixão e da Telemar, no Centro, e Darcy Ribeiro, em Edson Passos. Agentes comunitários de saúde da secretaria de Saúde (Semus) se mobilizaram e abordaram homens que passavam pelo local, entregando panfletos explicativos sobre a importância de realizar o exame de próstata. O preconceito que ainda envolve o assunto, os sintomas da doença e o tratamento também foram temas abordados das 9h às 12h, além de distribuição de preservativos.

“Ainda há muita resistência dos homens em procurar o médico, em realizar exames periódicos e até em buscar informações sobre o assunto. Nós é que temos que abordá-los, chamar para conversar, explicar o objetivo da campanha, pois dificilmente um chega para pedir informações por livre iniciativa”, explicou o agente comunitário de saúde José Carlos Félix, o Carlão.

O aposentado Francisco José dos Santos, de 54 anos, agiu diferente da maioria e buscou saber do que se tratava quando viu a tenda montada na praça com camisinhas penduradas e cartazes. “Eu me trato, vou sempre ao médico e inclusive tenho consulta marcada nesta sexta-feira, dia 21, para realizar o exame de próstata. Os homens morrem mais cedo porque não se cuidam e isso precisa mudar”, destacou.

Para o também agente comunitário de saúde Marcelo Sanches, a campanha deve ganhar mais participação das pessoas no ano que vem. “É a primeira vez que realizamos o Novembro Azul e os homens, diferente das mulheres, são mais tímidos e ainda resistem mais em participar. Nosso trabalho é mudar essa visão, acabar com o preconceito e incentivar o sexo masculino a combater esse mal que mata milhares de homens todos os anos”, reforçou.

Saiba o que é a doença

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino que se assemelha a uma castanha. Fica abaixo da bexiga e sua principal função é ajudar na produção do esperma. O câncer de próstata é o segundo que mais mata homens no Brasil, já que os sintomas da doença demoram a se manifestar e, quando surgem, o tumor está em estágio avançado em 95% dos casos.

Por isso é necessário realizar o exame de toque retal uma vez por ano em homens com 45 anos, nos casos de histórico na família, e de 50 anos em diante. Os principais sintomas da doença são dor óssea, dores ao urinar, vontade de urinar com mais frequencia e presença de sangue na urina ou no esperma.



Via PMM
20-11-2014
MESQUITA - Projeto realizado pela Prefeitura de Mesquita oferece aos jovens oportunidades de emprego e qualificação profissional.

Na próxima terça-feira, 25 de novembro, a prefeitura, por intermédio da secretaria de Mobilização Social e Direitos Humanos (Semosdh), levará oportunidades de trabalho e qualificação profissional para os jovens do bairro BNH e adjacências. O projeto Juventude em Ação será realizado na Praça Elias Naval, próximo à Escola Municipal Castelo Branco.

Com participação de diversas empresas e organizações não governamentais, a ação vai das 9h às 17h. Nas três primeiras edições, realizadas no Centro, Santo Elias e Banco de Areia, quase três mil pessoas foram atendidas.

Durante a ação também haverá inscrições para os programas desenvolvidos pela prefeitura que são destinados à população de 15 a 29 anos. Entre eles estão o Projovem Urbano, Pronatec, Atitude Jovem, Padaria Escola e o Banco de Empregos Mesquitense (BEM), além de campanhas educativas.


Via PMM
20-11-2014
MESQUITA - Evento foi realizado no Paço Municipal nesta quarta-feira,19, e reuniu personalidades da cidade.

Chega de racismo. Foi o pedido feito durante a homenagem de cerca de cinquenta personalidades negras que se destacaram no município. O evento “Mesquita Combate o Racismo II”, alusivo ao dia da Consciência Negra, foi realizado pela Prefeitura de Mesquita, por meio da secretaria de Mobilização Social e Direitos Humanos (Semosdh), nesta quarta-feira, dia 19 de novembro.

Dentre as personalidades homenageadas estavam advogados, empresários, vereadores, poetisas, funcionários públicos, entre outros. Participando pela primeira vez do evento, o mesquitense Bruno Cândido Alves, 26, contou como é ser um dos homenageados. “Fico emocionado em ser homenageado e representar a juventude negra. É um orgulho e uma grande responsabilidade”, afirmou o advogado, que também é integrante da Comissão da Igualdade Racial da OAB.

Durante toda a tarde foram oferecidos no Paço Municipal serviços de saúde, beleza e sorteios de brindes e bolsas de estudo em cursos da cidade. Foram realizados cortes de cabelo masculino e feminino, maquiagem, penteados afro, além da distribuição de kits de beleza. Na área de saúde, houve também serviços básicos e de conscientização de doenças como a anemia falciforme.

A segunda edição do ‘Mesquita Combate o Racismo’ aderiu à campanha Novembro Azul, já que novembro é o Mês Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. O secretário de Mobilização Social e Direitos Humanos, Rogério Sant’ Anna, ressaltou a importância do evento. “É um dia para refletir a importância do negro para a população em geral. Resolvemos unir esta temática à campanha ‘Novembro Azul’, pois de acordo com o Ministério da Saúde homens negros têm maior índice de câncer de próstata. O negro precisa ser valorizado, já que hoje ocupamos posições importantes na sociedade”, destacou.


Via PMM
20-11-2014
MESQUITA - Reunião definiu início da Feira de Economia Solidária para a próxima sexta-feira, dia 21.

Nesta terça-feira, dia 18, a secretaria de Assistência Social (Semas) realizou encontro com um grupo de produtores artesanais que participará da Feira de Economia Solidária (Ecosol), que começará na sexta-feira, 21 de novembro, em caráter experimental.

Na reunião foi definido que os produtos serão comercializados no Calçadão do Povo, que fica na Avenida Presidente Costa e Silva, Centro de Mesquita. A feira será promovida em parceria com a secretaria de Trabalho e acontecerá às quintas e sextas-feiras, entre 14h e 19h, até dezembro, com possibilidade de extensão até janeiro.

Comerciantes já cadastrados serão acomodados em barracas cedidas pela prefeitura. Durante a feira, serão apresentados produtos de artesanato, beleza e culinária. “O objetivo é dar visibilidade ao trabalho destas pessoas”, ressaltou Cimar Rocha, coordenador da Ecosol, acrescentando que as inscrições para o projeto ainda estão abertas e podem ser realizadas no Cras de Juscelino, que fica na Avenida São Paulo, 465.


Via PMM
20/11/2014
MESQUITA - Plantio está sendo realizado em propriedades de agricultores rurais do município.

O Programa Amável – A Mata Atlântica Sustentável, que visa à preservação da Palmeira Juçara, continua. O plantio está sendo realizado em propriedades da macrozona rural do município. O trabalho é realizado pela Prefeitura de Mesquita, por meio da secretaria de Meio Ambiente.

O Programa Amável – A Mata Atlântica Sustentável, tem o propósito de reverter o quadro de extinção da espécie, promovendo a sua exploração de modo sustentável, dos pontos de vista ambiental, social e econômico. Cerca de 120 sementes já foram semeadas em propriedades de agricultores familiares da cidade, que têm que assinar um termo de responsabilidade onde se comprometem a não retirar o palmito encontrado na Palmeira Juçara. “Vamos realizar o plantio das sementes diretamente no solo e também reservaremos algumas para produzir mudas em viveiros e depois levá-las para área de plantio”, explicou o agrônomo Fabio Carvalho Vilas Bôas.

Há 50 anos Roberto Machado, 74, vive no sítio Nossa Senhora de Aparecida, uma das propriedades que receberam o plantio. “Tudo que é bom para a natureza eu apoio. Por isso aceitei realizar o plantio no meu sítio e participar deste projeto”, contou o agricultor. No sítio Olho D’água a prioridade também é a natureza. “Nossa área verde está muito desmatada. Quero reflorestar a natureza e contribuir diretamente para esta recuperação”, afirmou o proprietário, Geraldo Soares.

A Palmeira Juçara é uma espécie-chave da Mata Atlântica que se encontra atualmente na Lista Oficial de Espécies Ameaçadas de Extinção. “O motivo desta ameaça é a extração clandestina do seu palmito, com o sacrifício da árvore, mesmo antes de sua frutificação”, explica o biólogo Ricardo Werneck. O plantio destas sementes é uma tentativa de preservação da espécie. Cerca de 500 sementes já foram cedidas para plantio à sete agricultores de Mesquita.


Via PMM
20/11/2014
MESQUITA - Os dois projetos vão acontecer na Praça Elias Naval com informações sobre meio ambiente e oportunidades para jovens.

Dois projetos voltados para os jovens de Mesquita vão se unir na próxima terça-feira, dia 25 de novembro, na Praça Elias Naval, antiga Praça Trailers, no bairro Rocha Sobrinho (BNH). O Juventude em Ação, que oferece vagas de emprego e cursos de qualificação para jovens entre 15 e 29 anos em busca de colocação no mercado de trabalho, e o Impactão Ambiental, projeto de conscientização para preservação do meio ambiente, desenvolvido pela secretaria de Meio Ambiente (Semuam), estarão com suas tendas montadas na Avenida das Oliveiras para atender a juventude.

O Impactão Ambiental, que vem sendo realizado em toda a cidade desde o início do ano, reúne alunos de escolas públicas e particulares e promove gincanas ecológicas com temas variados, cartazes, demonstrações de projetos ambientais e informações sobre a preservação de florestas, rios, reciclagem e coleta seletiva. Como prêmio, o grupo vencedor ganha um passeio ecológico acompanhado por agentes ambientais da Semuam.

“Já levamos crianças e jovens para o Jardim Botânico, Bosque da Barra e Teresópolis. Para essa edição nós já confirmamos a participação dos estudantes da Escola Municipal Presidente Castelo Branco, que fica bem próxima. Nós também distribuímos panfletos, material explicativo e realizamos diversas brincadeiras com a garotada que aprende se divertindo”, contou a subsecretária de Meio Ambiente, Fabíola Vieira, lembrando que conta com apoio da Brigada Mirim de Mesquita.

Já o Juventude em Ação reúne serviços de várias secretarias, como os programas Projovem Urbano, Pronatec, Atitude Jovem, Atitude Jovem, Padaria-Escola e o Banco de Empregos Mesquitense (BEM).



Via PMM
20/11/2014
MESQUITA - Personalidades de destaque na cultura e nas artes receberam diplomas e troféus na 13ª edição do evento.

A cidade de Mesquita sediou neste sábado, dia 15 de novembro, a 13ª edição do Prêmio Baixada, encerrando o ciclo de passagem da homenagem, criada pelo Fórum Cultural da Baixada. A solenidade, realizada no ginásio da Vila Olímpica de Mesquita, reuniu personalidades no setor da cultura de toda região e premiou destaques em diferentes categorias como artes plásticas, artes cênicas, dança, artesanato, poesia e literatura, entre outras.

O “Oscar da Arte na Baixada”, como é conhecido o prêmio, foi dedicado a várias instituições que se destacaram realizando atividades no dia 30 de abril, Dia da Baixada, a pessoas com trabalhos dedicados à cultura em todos os municípios da região e a seis personalidades de Mesquita. Uma delas foi a professora, pedagoga, atriz e diretora Flávia Salgado, do Conselho Municipal de Cultura de Mesquita e membro da Academia de Letras e Artes (Alam), premiada na categoria artes cênicas. Outro foi o dançarino Luiz Cleber Moreira, mesquitense que se destacou nas modalidades artesanato e dança. Amália Cristina Dias Bezerra, na categoria história; Iolanda Brazão, literatura e dramaturgia; Eva do Sacrário Correia, literatura e autoajuda e Adriana Igrejas, romance.

Antes da entrega dos diplomas e troféus várias apresentações da dança e teatro animaram o evento. Destaques para o Charles Chaplim do coordenador de Cultura de Mesquita e ator, Paim Silva; para o ator, músico, compositor e poeta Macedo Criot, da Sociedade Secreta dos Tambores Bantos; para Luiz Cleber Moreira, que dublou e interpretou músicas de Ney Matogrosso e para o poeta Jorge Rocha, que declamou poema sobre a Baixada.

Conduzida pelo professor e historiador Genesis Torres, a solenidade contou com exposições de pinturas, gravuras e serigrafrias, livros de autores da região e peças artesanais. Ajudaram a compor a mesa os secretários de Cultura, Douglas Mucciolo, de Assuntos Institucionais, Maria Camardella, de Mobilização Social e Direitos Humanos Rogério Sant´Anna, da Pessoa com Deficiência e dos Idosos, Wellington Oliveira e o vereador Max Cavalcante, que representou o Legislativo. Também participaram do evento professores da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, da Rural e gestores do Fórum Cultural da Baixada.


Via PMM
16/11/2014
MESQUITA - Destaque dessa edição ficou por conta do time feminino, que vai disputar a Taça das Favelas em janeiro.

A quarta edição da Peneira da Taça das Favelas foi realizada neste sábado, dia 15 de novembro, no Campo do Brasileirinho, na Chatuba, com o apoio da Prefeitura de Mesquita, por intermédio da secretaria de Esporte, Lazer e Turismo (Semelt). Segundo Carlos Eduardo Rodrigues, coordenador da Central Única das Favelas (Cufa) na Baixada, o evento serviu para selecionar um time masculino com 30 jogadores, entre titulares e reservas, o Chatuba da Mesquita, que vai disputar a Taça das Favelas, no Estádio do Céres, em Bangu, no dia 11 de janeiro do ano que vem.

“Na verdade o Chatuba de Mesquita já existe há quatro anos e estamos apenas selecionando jogadores, descobrindo novos talentos para complementar a equipe que vai disputar esse campeonato tão importante, que reúne 60 países, além de times do Brasil inteiro”, ressaltou João Paulo Bastos, coordenador do Instituto Fundação Chatuba, que tem como presidente de honra Maria do Carmo Rodrigues e Elaine Leis como diretora e assistente social.

A novidade desse ano fica por conta da seleção de um time feminino, que vai enfrentar a equipe do Batam na Taça das Favelas. “Avaliamos o desempenho em campo dos nossos jogadores para chegar ao time definitivo, que será apresentado nesta segunda-feira. São cerca de 300 jovens entre 13 e 17 anos, que disputaram a peneira”, explicou o coordenador da Cufa. Os treinos começam na semana que vem com o preparador Lucas Rodrigues, responsável tanto pela equipe masculina, quanto pela feminina.

“Nosso objetivo principal é promover a integração dos jovens através do esporte, afastá-los das ruas e projetar o nome da nossa cidade em campeonatos importantes, que vão atrair vários olheiros e de onde podem sair jogadores para grandes clubes do Brasil e até do exterior”, previu João Paulo. Entre os talentos selecionados nessa edição da peneira estavam Tatiana Cristina Matos, de 15 anos, que joga desde os 8 e é apaixonada pelo esporte. No masculino um dos destaques ficou para Fabiano Barreto, de 14 anos, que joga desde os 10 e é considerado um dos trunfos do Chatuba de Mesquita.



Via PMM
16/11/2014
MESQUITA - A limpeza de rios e córregos faz parte do conjunto de ações da prefeitura para minimizar os transtornos causados pelas chuvas. Nesta sexta-feira, dia 14 de novembro, funcionários da secretaria de Meio Ambiente (Semuam) prosseguiram com a limpeza do Rio Dona Eugênia, no trecho que passa pelo Centro da cidade.

Durante a ação, foram retirados do leito e da margem do rio parte da vegetação que atrapalhava o curso normal da água e diversos objetos, como garrafas plásticas e até sucatas de televisores. Para que o trabalho alcance o resultado esperado, a participação da população também é fundamental. “Basta evitar o descarte irregular de lixo”, frisou Paulo César de Paula, responsável pela fiscalização da manutenção de rios.

Ainda como parte da estratégia de prevenção às chuvas de verão, a prefeitura começou a instalar pluviômetros no município. O equipamento é utilizado para medir a quantidade de chuva e monitorar as áreas de maior risco de desastres em casos de inundações, enxurradas, alagamentos e deslizamentos. Para completar, a secretaria de Defesa Civil já elaborou um Plano Municipal de Contingência contra as catástrofes naturais.


Via PMM
16/11/2014