MESQUITA - O Parque Natural Municipal de Mesquita recebeu nesta terça-feira, 28 de outubro, o plantio de cerca de 40 sementes da Palmeira Juçara, uma espécie em extinção. O trabalho foi realizado pela Prefeitura de Mesquita, por meio da secretaria de Meio Ambiente, em parceria com a secretaria de Segurança Pública, através do Programa Amável – A Mata Atlântica Sustentável.

Espécie-chave da Mata Atlântica, a Palmeira Juçara encontra-se atualmente na Lista Oficial de Espécies Ameaçadas de Extinção. O motivo desta ameaça é a extração clandestina do seu palmito, com o sacrifício da árvore, mesmo antes de sua frutificação. O Programa Amável – A Mata Atlântica Sustentável, tem o propósito de reverter esse quadro, restituindo o status originário dessa espécie e promovendo a sua exploração de modo sustentável, dos pontos de vista ambiental, social e econômico.

“Esta espécie é muito importante para a natureza e para alimentação do animais. A Palmeira Juçara atrai uma diversidade da fauna, que por sua vez traz diversidade da flora, gerando um enriquecimento do ambiente silvestre. O plantio destas sementes é uma tentativa de preservação desta espécie tão rara e tão cobiçada”, afirmou o biólogo Ricardo Werneck.

Cerca de 150 sementes já foram plantadas no município de Mesquita. Nesta quarta-feira, 29 de outubro, será realizado o plantio de mais 120 sementes no Parque Natural de Mesquita. ”Esta foi a segunda ação que realizamos e vamos continuar o plantio. Plantamos de três a quatro sementes em cada local para garantir que elas nasçam e que alguma ave leve para outros lugares do Parque. Fazemos a nossa parte e a natureza vai se encarregar de plantar o resto”, concluiu o biólogo.



Via PMM
29/10/2014
MESQUITA - Com o apoio da prefeitura, Mesquita receberá no próximo sábado, dia 1º de novembro, na Vila Olímpica, a Gincana da Baixada 2014, e tentará o bicampeonato.

Representantes de 11 cidades da região terão que cumprir sete tarefas. No fim da disputa, o município que obtiver mais pontos na classificação terá o direito de receber a festa de Ano Novo promovida pela emissora de TV.

Vinte atletas de cada cidade participarão da disputa. “Nossa equipe já está treinando e irá se empenhar ao máximo para conquistar o título”, garantiu o subsecretário de Esportes, Lazer e Turismo de Mesquita, Sérgio Pinheiro.



Via PMM
29/10/2014
MESQUITA - O projeto “O Melhor Amigo do Homem”, da Prefeitura de Mesquita, percorre o município diariamente em busca de animais abandonados. Nesta terça-feira, dia 28 de outubro, a equipe passou pelo bairro Banco de Areia e recolheu um cachorro cor de caramelo. O animal estava na Avenida Governador Celso Peçanha.

Após o recolhimento, o cãozinho recebeu cuidados médicos como vacinação, castração e vermifugação.Ele também ganhou uma coleira identificadora e foi cadastrado no site www.omelhoramigodohomem.com e já está disponível para adoção. Neste endereço eletrônico também podem ser encontradas mais informações sobre o projeto da prefeitura.

A equipe atua de segunda a sexta-feira, auxiliada por um caminhão climatizado e adaptado para o transporte de cachorros e gatos. Desde o início da ação, em dezembro do ano passado, mais de 100 animais receberam cuidados médicos e vários já foram adotados, por meio de processo simples e rápido.



Via PMM
29/10/2014
MESQUITA - A prefeitura, por meio da Coordenadoria de Políticas para a Juventude, em parceria com o Instituto NOOS, realizou nesta terça-feira, dia 28, na ONG Casa do Jovem, na Coreia, palestra sobre o projeto “123Alô! – A Voz da Criança e do Adolescente”. A casa atende 50 meninos e meninas com idades entre 5 e 16 anos.

O coordenador de Políticas para a Juventude de Mesquita, Paulo Vítor Queiroz, destacou a importância da ação. “Essa parceria enriquece a agenda de políticas para juventude na cidade. Mesquita está no caminho certo, na busca pelo diálogo”, disse. Fátima Santos, presidente da ONG, gostou do projeto. “É mais uma iniciativa para transformar vidas”, comentou.

O “123Alô!” é um serviço gratuito de comunicação direta com crianças e adolescentes, realizado por meio de atendimento via telefone e internet, que possibilita tirar dúvidas e pedir ajuda, além de oferecer informações e orientações sobre questões que afetam os jovens. A sede do instituto fica no bairro de Botafogo, na cidade do Rio de Janeiro.



Via PMM
29/10/2014
MESQUITA - Uma equipe da Operação Tapa Buraco iniciou nesta terça-feira, dia 28 de outubro, obras de substituição de toda a rede de esgoto da Travessa Boa Esperança, na Rua Lídia, na Chatuba, em Mesquita. Segundo o encarregado da obra, Jackson Gil, a previsão é de que a equipe da secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp) permaneça no local durante os próximos 15 dias.

“Vamos desobstruir os canos, substituir o que for necessário, fazer o nivelamento da travessa, já que em dias de chuva a água empossa no final da via e fresar tudo, deixando a travessa pronta para ser asfaltada”, antecipou Jackson, que utilizou equipamento vacol para desentupir os canos.

Segundo a moradora Cristina Gonçalves, de 50 anos, toda vez que falta água os próprios moradores fazem ligações e o ideal seria que toda essa parte fosse refeita com um único cano e braços ligados às residências. Jackson explicou que essa parte cabe à Companhia Estadual de Água e Esgotos (Cedae), mas garantiu que vai levar a informação para o secretário municipal de Obras, Ricardo Augusto Xavier, para ver o que pode ser feito nesse sentido.



Via PMM
29/10/2014
MESQUITA - A dança foi um giro na vida dos irmãos Bruno e Bruna Clemente, de 14 anos. Os adolescentes, que vêm de uma família humilde de seis filhos, tinham um temperamento agressivo e viviam envolvidos em brigas até conhecerem a dança. “Dançar é o que faço hoje, deixei as brigas para trás”, afirmou Bruno.

As mudanças de comportamento começaram há um ano, quando eles tiveram o primeiro contato com a dança em um festival realizado na escola onde estudam, a Escola Municipal Ernesto Che Guevara, na Chatuba. A mãe garante que as mudanças no comportamento vieram em seguida. “A dança salvou meus filhos, já não sabia mais o que fazer. Todos os dias ouvia reclamação sobre eles e era chamada na escola constantemente. Eu conversava, colocava de castigo e nada adiantava. Até no psicólogo eu tentei, mas não tinha jeito. Quando eles começaram a se envolver com a dança foi que vi a melhora de comportamento deles. Todo tempo que eles tinham livre era para ensaiar ou pesquisar passos para uma nova coreografia, e assim as brigas na rua e as reclamações na escola foram sumindo. Hoje eles são ótimos, não me dão trabalho”, contou Ednilza Souza, orgulhosa dos filhos.

Os irmãos fundaram o ‘Step Dance’ um grupo de dança de funk que se apresenta pelas escolas da Baixada Fluminense. Hoje ele é composto por quatro amigos, mas a harmonia nem sempre existiu entre eles. Marcelo Fontes, 15 anos, um dos integrantes do grupo, era um dos inimigos de Bruno. “O Bruno me odiava e implicava muito comigo. Depois que ele entrou para a dança, mudou muito. Nos aproximamos e ele me convidou para fazer parte do grupo. Hoje somos parceiros de dança e irmãos”.

Disciplinados, eles ensaiam semanalmente, no espaço cedido pelo diretor da escola. “É muito importante a escola apoiar este tipo de atividades que vão além da sala de aula. O Bruno e a Bruna são exemplos de que a arte, a dança, o esporte, são capazes de recuperar jovens. Fico emocionado em ver o quanto eles mudaram e melhoraram no desempenho escolar”, disse o diretor Haroldo Dias Cerqueiro.

Vida longa para os meus inimigos para que eles vejam de pé a minha vitória. Esta frase, estampada na blusa dos integrantes do Step Dance, segundo Bruno, define bem como ele encara a vida agora. “Antes eu precisava vencer derrubando e brigando, agora minha vitória é dançar. Virei amigo de todos os meus inimigos e tento trazê-los para a dança. Troquei as brigas por passos de dança, e não volto atrás”, completou Bruno.



Via PMNI
28/10/2014
MESQUITA - O câncer de mama merece atenção total em Mesquita. A secretaria de Saúde possui um polo responsável pelo diagnóstico da doença que tem por objetivo detectar o problema de maneira precoce para que o tratamento seja mais eficaz. O serviço é oferecido na unidade básica de saúde Parque Ludolf, na Vila Emil.

A primeira etapa realizada pelas pacientes é o atendimento no posto de saúde. As munícipes devem passar pelo ginecologista e em seguida, caso seja verificado algum problema, são direcionadas ao polo. A orientação é que mulheres acima de quarenta anos devem realizar a mamografia e abaixo desta idade, o ultrassom.

A responsável e fundadora do projeto, a ginecologista Brenda Ralba Wilns, já detectou neste ano 19 casos da doença. “Nosso trabalho é a pior parte, contar para o paciente. Mas ao mesmo tempo é a partir deste diagnóstico que podemos começar a lutar contra o câncer”, afirmou.

Não há um exame preventivo para o câncer de mama, por isso a realização dos exames para que seja feito o diagnóstico precoce é importante. “É fundamental que a mamografia seja feita. O diagnóstico precoce é o sinal de uma família feliz”, destacou a médica.

O polo realiza cinquenta atendimentos mensais. Todo primeiro dia do mês a agenda é disponibilizada para o mês seguinte. As marcações podem ser feitas pelo telefone 3763-9794.


Via PMM
28/10/2014
MESQUITA - A secretaria de Mobilização Social e Direitos Humanos (Semosdh), por intermédio da Coordenadoria Municipal de Políticas para Mulheres de Mesquita, promove na próxima quinta-feira, dia 30, a “Caminhada da Campanha Outubro Rosa Edição Mesquita”, que visa conscientizar as mulheres para a importância da prevenção do câncer de mama. O evento, que tem expectativa de atrair mais de 500 mulheres e homens que aderiram à causa, já faz parte do calendário oficial da cidade e encerra a série de ações contra o câncer, desenvolvidas em todo o município durante o mês de outubro.

A concentração será às 9h, Avenida União 676, bairro Santa Terezinha, em frente ao prédio da secretaria de Saúde de Mesquita. O encerramento será no Paço Municipal, em frente à prefeitura. Os organizadores pedem aos participantes que compareçam com camisetas rosa, cor que simboliza mundialmente a luta contra o câncer de mama. Não é necessário fazer inscrições, basta comparecer à concentração e participar.

O Outubro Rosa, como é internacionalmente conhecido, começou nos Estados Unidos, onde vários estados desenvolviam ações isoladas referentes ao câncer de mama e a mamografia. Em 2002, o movimento chegou ao Brasil e atualmente mais de 135 países participam da campanha. Todas as secretarias municipais de Mesquita estarão envolvidas com suas representações e também entidades da sociedade civil como ongs, projetos, fundações e instituições.



Via PMM
28/10/2014
MESQUITA - A prefeitura de Mesquita, através da secretaria de Urbanismo, está em ação na Rua Mister Watkins. O local está passando por um processo completo de revitalização. A área tem 68m² e nove homens estão trabalhando no processo.

Para o comerciante Domingos Sá a mudança está sendo muito positiva, uma vez que as calçadas do local estavam danificadas e precisavam da ação. “Estou muito feliz. Essas melhorias vão embelezar ainda mais nossa Mesquita”, afirmou.

Diariamente a Prefeitura realiza intervenções que contribuem para a qualidade do município. A secretaria de Urbanismo em parceria com a secretaria de Obras já passou por diversos locais da cidade realizando ações como esta. As Avenidas Costa e Silva, Feliciano Sodré e as ruas Emílio Guadani, Rua Manoel Duarte e na Cordura são alguns dos endereços que já receberam progressos.



Via PMM
27/10/2014
MESQUITA - Representantes de vários setores da Prefeitura de Mesquita estiveram reunidos nesta sexta-feira, dia 24 de outubro, na Câmara dos Vereadores, para mais uma reunião da Agenda Ambiental da Administração Pública de Mesquita (A3P). Uma série de encontros vem sendo realizados desde o mês de março para discutir um conjunto de recomendações para que a administração pública seja a primeira a dar o exemplo, poupando água, luz, insumos e dando destinação adequada aos resíduos.

A abertura do evento foi feita pela subsecretária de Meio Ambiente, Fabíola Vieira, que ressaltou a importância da conscientização para preservação do meio ambiente como fator determinante para a nossa qualidade de vida e para o futuro do planeta.

A palestra, ministrada pela técnica ambiental do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) Pólita Gonçalves, teve como tema o consumo sustentável e abordou fatores de relevância como as mudanças climáticas do planeta e o efeito estufa. “Temos que nos preocupar com o que pode ser feito para minimizar efeitos nocivos aos recursos naturais, caso contrário as futuras gerações enfrentarão graves problemas”, destacou Pólita.

Ela disse ainda que Mesquita é um dos 65 municípios do Rio que já conta com a coleta seletiva. “Temos que reduzir o gasto de recursos naturais e repensar nossos hábitos, investindo cada vez mais no reaproveitamento de material, no consumo sustentável”, enfatizou.



Via PMM
27/10/2014